16ª edição do Celacom destaca o legado de Jorge Fernández

Da Redação SICOM PET,
por Giovani Vieira
Desde a sua primeira edição, o Celacom tem destacado em suas temáticas pesquisadores importantes para o estudo do Pensamento Comunicacional Latino-Americano. Em sua fase inicial, de 1997 a 2011, a Comunicação foi objeto de estudo por meio do campo da História e da Teoria, com a apresentação de debates sobre a vida e obra de pesquisadores como Luiz Beltrán; Martín-Barbero, Décio Pignatari, Muniz Sodré e Mario Kaplún, entre outros. A partir de sua nova fase, iniciada com a edição de 2012, a pesquisa da Comunicação pela América Latina será realizada por meio da Ficção e da Práxis. Para tanto, foi escolhido como ícone temático do evento o pesquisador, escritor, diplomata e jornalista equatoriano Jorge Fernández, fundador e primeiro diretor do “Centro Internacional de Estudos Superiores de Periodismo para América Latina”.
Durante o painel de abertura do segundo dia de evento, a professora Raquel Paiva, do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da UFRJ, destacou a importância do escritor para a História da Comunicação, embora não esteja presente nos currículos acadêmicos brasileiros. “Jorge Fernández é um dos pesquisadores que inauguram o campo da Comunicação abordando temáticas variadas, preocupando-se com a pesquisa na área e temas como política, relações exteriores e economia”, enfatiza a professora.
Marcelo Fernández, filho de Jorge Fernandes
O filho do jornalista, Marcelo Fernández, também presente no Painel sobre o ícone temático, apontou que a importância de seu pai ultrapassou os limites geográficos e sua contribuição permanece. “A Comunicação tem algo de Jorge Fernández, assim como tem de Beltrão, Barbero, Kaplún e outros”, destaca.

Deixe uma resposta