5 videoclipes interativos inovadores

Da redação Sicom-PET, Pedro Maziero

Com o sucesso dos videogames, era inevitável que os produtos audiovisuais incorporassem algumas das características dos jogos. As principais talvez sejam a imersão e a liberdade de ação do jogador; ambas são amplamente exploradas nos videoclipes interativos, em que o espectador passar a ter um papel ativo no ato de assistir.
A seguir, vocês verão cinco exemplos de videoclipes bem diferentes, que exploram bastante essa questão e inovam em suas narrativas:

1) Golden Touch, Namie Amuro

O clipe de “Golden Touch”, da japonesa Namie Amuro não é exatamente interativo – mas simula muito bem o conceito. Antes do início, pede-se para o especator se manter tocando o centro da tela em que o clipe é exibido durante o tempo todo. O vídeo é constituídos de várias tomadas diferentes, que simulam uma superfície touchscreen muito bem e impressionam.

2) We Used to Wait, Arcade Fire

Créditos: Chrome Experiments/Divulgação
Créditos: Chrome Experiments/Divulgação

A banda canadense Arcade Fire é conhecida por sempre utilizer tecnologias diferentes em seus clipes, e um dos que mais se destacam é o de We Used to Wait. Chamado de “The wilderness downtown” (“A natureza na cidade”, em tradução livre), o site do clipe pede que você insira o CEP ou endereço de onde você cresceu, e o clipe se utiliza do banco de imagens do Google Maps para mesclar cenas gravadas e animações com imagens reais das ruas das memórias de sua infância.

3) I’ve Seen Enough – Cold War Kids

O clipe de I’ve seen enough, da banda americana Cold War Kids, é definitivamente um dos mais legais desta lista porque ele é o único que permite que você faça alterações reais no som, “ligando”, “desligando” ou trocando algum instrumento por outro. A versão disponível no Youtube é completamente diferente da interativa, que pode ser acessada aqui.

4) Stor Eiglass – Squarepusher

Este talvez seja o exemplo mais claro da influência dos videogames nos clipes interativos. No vídeo da música Stor Einglass, utiliza-se uma visão 360° do cenário de animação construído, o que cria uma sensação de imersão completa: você é um personagem explorando um mundo caótico e supersaturado.

Se você gostou desse clipe, aqui vai uma playlist com vídeos em 360º:

5) Cego Para as Cores – Pato Fu

Por fim, um representante nacional: a banda Pato Fu lançou o clipe de seu single “Cego Para as Cores”, em que na verdade coexistem cinco clipes, entre os quais você pode alternar de acordo com seus cliques. A versão disponível no Youtube não é interativa – você precisa acessá-la através deste site.

Leia mais:

Afinal, o que se passa na pensão da Tia Ruiva?

Alô, Alô! – Você sabe quem é ela?

8 videoclipes com temática LGBT que merecem ser vistos

SalvarSalvarSalvarSalvar

Daniele Fernandes

Daniele curte filmes e séries cult, e quando diz cult quer dizer coreano ou comédia romântica de Hollywood. Possui profundo conhecimento em economia, sabendo administrar suas famílias no The Sims 4.

Deixe uma resposta