5 filmes brasileiros com temática gay que você precisa conhecer

Cena do filme “Teus olhos meus”. (Reprodução/ Revista Fórum)

 

Da redação SICOM-PET, Wesley Anjos

 

Alguns filmes com temática gay como O segredo de Brokeback Mountain são bem conhecidos pelo público. Mas será que você conhece as produções brasileiras que tratam deste assunto? Para testar os seus conhecimentos sobre o cinema nacional, montamos esta listinha. Já pode preparar a pipoca!

 

1 – O beijo no asfalto (1981)

 

Baseado na obra de Nelson Rodrigues e dirigido por Bruno Barreto, a trama gira em torno de um beijo na boca que Arandir (Ney Latorraca) dá em um homem que acaba de ser atropelado. Segundo Arandir, foi um pedido que o moço fez antes de morrer. A partir daí, ele passa a ser perseguido no bairro que mora e no trabalho, e tem a sua sexualidade colocada em jogo. Será que eles eram amantes? Arandir faz o possível para provar a sua heterossexualidade para a sua esposa Selminha (Christiane Torlone) e à opinião pública.

 

2 – Do começo ao fim (2009)

 

Dirigido por Aluizio Abranches, o longa traz a polêmica história de um romance homossexual e incestuoso. Tomaz (Rafael Cardoso), após o seu nascimento, demorou para abrir os olhos. Quando finalmente os abriu, a primeira pessoa que viu foi o seu meio-irmão Francisco (João Gabriel Vasconcellos). A trama mostra o crescimento, a paixão e os desafios que o casal enfrenta.

 

3 – Teus olhos meus (2011)

 

Sob a direção de Caio Sóh, o filme tem uma profunda carga poética e filosófica. Gil (Emilio Dantas) vive a sua vida para a arte. Quando não está imerso na música, está fazendo poesias sobre as questões que tangenciam a sua existência. Ele vê a sua vida virar de cabeça para baixo quando se apaixona por um homem mais velho, Otávio (Remo Rocha), que é produtor musical. O desfecho desta história pode surpreender e trazer uma grande reviravolta.

 

4 – Tatuagem (2013)

 

Em 1978, no contexto da ditadura militar brasileira, um grupo de artistas teatrais faz fortes críticas ao regime em seus espetáculos, além de contrariar a tal da moral e bons costumes. O destaque da trama é o envolvimento amoroso entre Clécio (Irandhir Santos), diretor do grupo, e Fininha (Jesuíta Barbosa), um jovem militar. O longa é dirigido por Hilton Lacerda.

 

5 – Hoje eu quero voltar sozinho (2014)

 

Uma versão encorpada do curta-metragem Eu não quero voltar sozinho, o longa de Daniel Ribeiro chegou a ser indicado ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro. A trama é protagonizada por Leonardo (Ghilherme Lobo), um adolescente cego que luta pela sua independência e que quer se livrar do excesso de protecionismo da família. Dentro deste contexto, ele acaba descobrindo a sua sexualidade e se apaixonando por Gabriel (Fábio Audi), aluno novo da classe. 

 

Veja também:

 

Wesley Anjos

Jornalista em formação, escritor e ator nas horas vagas. Típico amante das artes, é viciado em fabular e beber mate, não necessariamente nesta ordem.

Deixe uma resposta