5 filmes do Tarantino que você não pode morrer sem ver

Imagem: TV Overmind – Divulgação

 

Para quem adora um banho de sangue cinematográfico, é um prato cheio

 

Da redação SICOM-PET, Wesley Anjos

 

Após o lançamento do longa Os oito odiados de Quentin Tarantino, neste ano, eis que surge o boato na internet de que o diretor estaria cogitando fazer um Kill Bill 3. Se esta continuação de um dos maiores sucessos do cineasta de fato ocorrerá, ainda não se sabe, mas, enquanto isso, que tal relembrarmos as suas produções mais consagradas? 

Para quem já conhece o trabalho de Tarantino, sabe que os seus filmes são marcados por cenas de mortes repentinas, bruscas e sangrentas. Cabeças, braços e pernas voando são frequentes, o que não é indicado para pessoas de estômago fraco. O fato é que o vermelho se torna uma cor muito presente em suas obras, que são divididas em capítulos.  Os capítulos não são apresentados necessariamente de forma cronológica e costumam vir acompanhados de muito sarcasmo nos diálogos e acontecimentos. Sem mais delongas, vamos à lista!

 

1 – Pulp Fiction (1984)

Uma dupla de assassinos profissionais; um gângster esua esposa; um boxeador pago para perder propositalmente a luta; um casal que decide assaltar um restaurante. Essas personagens marcam três narrativas diferentes que acabam se entrelaçando em dado momento. A trama é marcada por cenas de monólogos que revelam a profundidade de cada personagem.

 

2 – Cães de aluguel (1992)

 

Uma gangue planeja um grande roubo, entretanto há um policial infiltrado dentro dela. No dia de pôr o plano em prática, são pegos em flagrante pela polícia e escapam após um tiroteio. Cada qual recebeu um codinome baseado em uma cor para preservar a sua identidade. Após a fuga, se veem em um galpão sem saber em quem confiar. Qual deles será o traidor? Como lidarão com as suspeitas que têm uns dos outros?

 

3 – Kill Bill 1 e 2 (2003 e 2004)

 

Kill Bill é um longa dividido em dois devido à sua extensão. Os dois filmes giram em torno de Beatrix KIddo e a sua vingança. Grávida, no dia do seu casamento, Kiddo leva um tiro na cabeça e tem o noivo assassinado. Ela passa vários anos em coma e quando acorda, decide matar um por um dos membros da quadrilha responsável pela sua desgraça, sobretudo, Bill, o grande chefão. Uma katana (espada japonesa longa) e senso de justiça bastarão? Qual o paradeiro da sua filha?

 

4 – Bastardos Inglórios (2009)

 

Segunda guerra mundial… A França está tomada pelas tropas nazistas e um grupo de soldados judeus traça um plano para matar o maior número possível de agentes da tropa alemã. Paralelamente, uma moça judia que teve a sua família assassinada planeja a sua própria vingança. O ápice do filme é quando ambos se encontram disfarçados dentro de um cinema no qual Adolf Hitler está presente.

 

5 – Django Livre (2012)

 

Django  é um escravo comprado por um caçador de recompensas que promete libertá-lo caso ele o ajude a encontrar uma dupla de assassinos procurados pela polícia. Ao mesmo tempo que almeja a liberdade, Django precisa resgatar a sua esposa das mãos de um fazendeiro cruel. A trama se passa no Velho Oeste americano, no contexto da guerra de secessão.

 

Leia mais:

 

Wesley Anjos

Jornalista em formação, escritor e ator nas horas vagas. Típico amante das artes, é viciado em fabular e beber mate, não necessariamente nesta ordem.

Deixe uma resposta