8 videoclipes com temática LGBT que merecem ser vistos

Imagem: Youtube – Reprodução

 

Da redação SICOM-PET, Sillas Carlos


Tão  empolgante quanto ouvir uma boa música, é ver um bom videoclipe que acompanha uma “boa música”.  Melhor ainda é quando, de algum modo, esse formato que, normalmente é mais experimental, consegue nos atingir com uma história que nos faça sentir representados. Essa representatividade também inclui questões de gênero e sexualidade.

Separamos alguns videoclipes bem legais que, além de ótimas músicas, arrasam na representatividade e possuem personagens LGBTs como protagonistas.  Divirta-se!

 

1- Wild (trilogia Blue Neighbourhood) – Troye Sivan

 

 

Troye Sivan  faz questão de abordar o tema da homossexualidade em seus videoclipes. Wild é o primeiro videoclipe da trilogia Blue Neighbourhood, que é composta pelos clipes das músicas Wild, Fools e Talk me Down e retratam a dificuldade de um casal de garotos.

 

2- Moon – Thiago Pethit

 

 

O personagem principal do videoclipe de Pethit é um garoto de programa que, além de enfrentar problemas com sua namorada por conta da sua profissão, vive o perigo da vida nas ruas, além de se envolver com um dos garotos com quem divide seu “ponto”. O filme é extremamente bem produzido e é o primeiro videoclipe do diretor de cinema Heitor Dhalia, que já dirigiu filmes como “O cheiro do Ralo”.

 

3- Amor marginal – Jhonny Hooker  

 

 

O cantor pernambucano já teve canções em trilhas sonoras como a do filme “Tatuagem” e nas novelas “Geração Brasil” e “Babilônia”, sendo que esta última foi embalada pela música “Amor Marginal” cujo o clipe traz um triangulo amoroso envolvendo os personagens vividos por Carol Macedo, Ariclenes Barroso e o próprio Jonny Hooker.

 

4- She keeps worn – Mary Lambert

 

 

Esta música de Mary Lambert, por si só, já nos lembra como são os primeiros momentos ao se apaixonar por alguém e ser correspondido. Aquela fase gostosa de inicio de relacionamento. No clipe, esse período é vivido por duas garotas que se conhecem em um café. Delicado e encantador, o clipe  traduz em imagens toda a pureza da música.

E não termina por aí.


5- Same love – Macklemore e Ryan Lewis

 

 

O refrão de She keeps me warm  de Mary Lambert foi incorporado à música Same Love do rapper  Macklemore e do produtor musical e DJ Ryan Lewis. A letra da música é forte, já o clipe, leve e delicado, acompanha a vida de um homem gay desde seu nascimento.


6- Problemas – Ana carolina

 

 

A música por si só é linda e aborda, de forma poética, as dificuldades de um relacionamento. No clipe fica claro que este relacionamento a que a cantora se refere é entre duas moças. Junte isso à voz maravilhosa de Ana Carolina e temos o videoclipe “Problemas”.

 

7- Homem – Alice Caymmi

 

 

Não, vocês não verão o clipe do Cauã Reymond interpretando mulheres trans nesta matéria. Que falarmos de clipes que realmente tenham pessoas trans representadas?! Embora ainda haja poucos clipes que abordam a questão da transexualidade aqui no Brasil, ainda se pode encontrar produções como esta versão da música “Homem” de Caetano Veloso interpretada pela cantora Alice Caymmi. O clipe coloca a questão de gênero em debate e conta com as modelos Melissa Paixão e Viviany Beleboni.

 

8- Open Bar – Pablo Vittar

 

 

A Drag Queen Pablo Vittar lançou uma versão bem descontraída da música Lean On de Major Lazer em parceria com a cantora MØ. O que parece um videoclipe descompromissado apenas com amigos em uma festa na piscina está repleto de representatividade com drags, gays e trans.

A versão da música foi compartilhada por ninguém menos que Diplo que aparentemente gostou bastante da versão da cantora.

 

É claro que existem muito mais videoclipes com essa temática e nós, é claro, torcemos para que ainda venham muito mais e melhores. E você? Conhece algum que não está nesta lista? Conta para a gente aqui nos comentários.

 

Mais:

 

Deixe uma resposta