A mídia como ferramenta social

Da redação SICOM PET, por Víctor Barboza

No mês de junho de 2013, os meios de comunicação noticiaram os protestos ocorridos em todo o país, inicialmente em razão do aumento nos preços das passagens de ônibus em São Paulo, e que se expandiram para outros ramos da esfera social, tais como corrupção e a falta de investimento na educação no Brasil.

É interessante observar que a mídia falava sobre um acontecimento histórico que ganhou força e mobilizou milhões de pessoas, em grande parte, graças à ela própria. No entanto, tratava-se das interfaces digitais representadas principalmente pelas redes sociais como Facebook e Twitter.

Créditos: Valter Campanato / ABR
As manifestações não serviram apenas para expor a insatisfação da população diante do descaso político com as questões sociais em nosso país, mas também para mostrar o grande alcance e o poder que a mídia, especialmente a digital, tem em influenciar as ações das pessoas hoje em dia, não apenas em assuntos que visam o simples entretenimento, mas também aqueles que tenham valor social e agreguem no exercício da cidadania.

A relação entre as mídias e os movimentos sociais será tema de um Grupo de Discussão na Semana da Comunicação 2013. Para mais informações clique aqui

Deixe uma resposta