Bauru recebe a 2ª Mostra de Cinema Ambiental

Duas sessões serão realizadas na Unesp durante a Semana da Comunicação
Sucesso na capital paulista, a 2ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental chega à cidade de Bauru trazendo filmes de diversos países, classificados em sete eixos: água, cidades, contaminação, economia, globalização, mobilização, e povos e lugares.
A abertura acontece no dia 21 de outubro, na Unesp, às 16h, com a exibição do filme A cidade e uma só?, seguida de debate. Produção brasileira de 2011, o filme é uma reflexão sobre os 50 anos de Brasília, tendo como foco o processo permanente de exclusão territorial e social que parcela considerável da população do Distrito Federal e do entorno sofre, e como essas pessoas restabelecem a ordem social através do cotidiano. O ponto de partida dessa reflexão é a Campanha de Erradicação de Invasões (CEI), que em 1971 removeu barracos que ocupavam os arredores de uma então jovem Brasília.
Dentre os destaques da mostra figura também o filme A Crise Global da Água, produção norte americana de 2011 traz a ativista Erin Brockovich e especialistas como Peter Gleick, Alex Prud’homme, Jay Famiglietti e Robert Glennon debatendo por que a crise mundial da água será a principal questão que o planeta precisará enfrentar neste século. O filme esclarece o papel fundamental que este recurso representa em nossas vidas, expõe os defeitos do atual sistema de abastecimento e retrata comunidades que já lutam com seus efeitos colaterais.
Petróleo: o grande vício, produção franco americana de 2011, mostra os bastidores do pior vazamento de petróleo da história, causado pela Deepwater Horizon. Ao expor as causas do vazamento de óleo e o que realmente aconteceu depois que as câmeras de televisão deixaram a região, os cineastas Josh e Rebecca Tickell revelam uma vasta rede de corrupção.
Para os pequenos, a Mostra traz dois filmes: A Baleia (uma orca que tenta fazer amizade com pessoas depois de perder sua família) e Animais unidos jamais serão vencidos (animais se unem contra uma barragem e um resort que bloqueiam o abastecimento de água da planície africana).
Acompanhando a programação, serão promovidos outros dois debates relacionados a questões abordadas em alguns filmes: em 22/10 após a exibição do filme A crise global da água, no SESC Bauru; e em 23/10, após a exibição do filme Petróleo: o grande vício, na Unesp.
Criada em 2012 com o objetivo de chamar a atenção para questões de meio ambiente, sustentabilidade, cidadania, governança, participação e políticas públicas, a Mostra oferece oportunidade de conferir filmes que reúnem qualidade cinematográfica e análise de questões ambientais, facilitando o acesso a discussões que muitas vezes fazem parte do cotidiano das pessoas sem que elas tenham oportunidade de refletir sobre isso.
2a Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental – Itinerância é uma realização da ONG Ecofalante com co-realização do SESC-SP e conta com apresentação da Mondelēz e patrocínio do Instituto Votorantim e White Martins. O projeto é realizado com apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Programa de Ação Cultural 2012. 

O evento acontece em outubro simultaneamente em 17 cidades. A programação, gratuita, está disponível no site da Mostra. Para acompanhar de perto os bastidores e outras informações, fique de olho no facebook e no twitter.

Deixe uma resposta