Em busca de interação

Da redação SICOM-PET, Alana Gomes
 
Na era da internet, as novelas usam de diversos artifícios para atrair o público para frente da telinha

 

A maneira de se assistir televisão vem mudando bruscamente com o advento das novas tecnologias que fizeram com que os antigos espectadores migrassem para outros meios e acabassem deixando a tv de lado. As facilidades provindas da internet fizeram com que não precisássemos mais ficar presos a uma programação fixa, assim aumentando o poderio em busca de conteúdo dos que antes estavam fadados à televisão tradicional.
Dessa forma, as novelas estão apostando em uma maior interação com o público e nesse cenário, conceitos como Crossmídia e Transmídia vem tomando um espaço notório a cada dia. Esses termos são relativamente novos, provenientes do final do século XX e buscam explanar como se dá o cruzamento das mídias. A Transmidialização revolucionou a vida dos espectadores que não possuem muito tempo para ver séries e novelas nos horários fixos que as mesmas são transmitidas, e após a programação sofrer esse processo é possível que as pessoas vejam seus programas favoritos no dia e horário que elas preferirem.
Toda essa onda Transmídia vem melhorando e inovando as formas de se produzir e de se assistir novelas. Permitindo uma gigantesca interação do público no desenrolar da trama. Essa participação do espectador pode causar grande afeição do mesmo pela novela, pelo simples fato dele sentir-se parte importante por ter opinado como seria o desfecho ou como discorreria algum marco importante através das redes sociais, que acabaram sendo acatados pelo autor. As narrativas transmídias são exatamente o que faltava para envolver o público que é conectado à internet e manifesta interesse por novelas. Um exemplo de sucesso transmídia foi a novela Cheias de Charme.
Em Cheias de Charme, novela produzida pela rede Globo em 2012, o transmídia e o storytelling receberam muito investimento e este foi proporcional ao sucesso que a novela obteve. O clipe das “Empreguetes”, grupo formado pelas protagonistas da novela, foi disponibilizado primeiro na internet, fazendo com que os telespectadores assistissem o clipe antes mesmo dele aparecer na tv. Outra grande sacada dos autores da novela foram as campanhas “Empreguetes livres” e “Empreguetes para sempre”, que deram grande abertura ao público, fazendo com que este pudesse interagir diretamente além de gerar lucro vendendo produtos da novela.
Confira o clipe da novela:
Foto evidencia semelhança entre protagonista e Steve Jobs (Créditos: UOL)
Devido ao grande sucesso obtido com “Cheias de Chame”, os autores apostaram em outra trama fortemente marcada pela interação do público. Assim, “Geração Brasil” apareceu na grade de novelas Global com a intenção de resgatar os internautas e fazer com que eles passassem a acompanhar e o principal, a gostar da novela. Geração Brasil, apresenta uma história com forte influência das culturas “nerd” e “geek”, atenuando de forma clara as inovações tecnológicas e as relações do mundo interconectado. Com um protagonista que parece ser claramente inspirado em Steve Jobs, co-fundador da Apple, e histórias que mostram o universo de startups de tecnologia e hackers, a novela está tentando de todas as formas trazer a nova geração conectada para sua gama de espectadores.
O protagonista interpretado por Murilo Benício é dono de uma grande fabricante de computadores, smartphones e tablets, e para reforçar toda essa alegoria e deixar a novela a mais real possível, a emissora investiu na criação de um site para a empresa fictícia. O site apresenta os produtos para que todos possam acessar e sentirem-se mais pertencentes à todo esse universo que a novela quer provocar ao seu receptor.
Site fictício da Marra

Em busca ainda de maior contato com o público, os autores Filipe Miguez e Izabel de Oliveira propuseram na novela um concurso entre os personagens principais e neste, eles criaram um aplicativo no qual o usuário podia gravar vídeos de cinco a dez segundos e publicar nas redes sociais, o aplicativo que recebeu o nome de “Filma-e” lançava um novo desafio a cada dia para os internautas interagirem e enviarem vídeos. O aplicativo foi acessado por grande número de espectadores e os vídeos de alguns deles até apareceram durante os capítulos da novela.
Exibição de vídeos na novela Geração Brasil (Créditos: Gshow)

Confira aqui o vídeo feito pelo aplicativo criado na novela.

A teledramaturgia, percebendo esse novo cenário em que as pessoas hoje assistem TV com seus smartphones e computadores nas mãos, está buscando que seu público tenha cada vez mais participação e sinta-se pertencente à história e o Transmídia tem se mostrado excelente artifício para isso.

Deixe uma resposta