FAAC realiza debate sobre os prós e contras do ENADE

Da Redação SICOM PET, 
por Gabriela Ferri

Depois de ingressarmos na universidade descobrimos um mundo paralelo, onde ideologias caem por chão, ou se confirmam e somam-se a outros argumentos. É nesse período também que começamos a assumir responsabilidades, como pagar contas, limpar o apartamento, e o mais importante, mostrar para a sociedade o que aprendemos ao longo desses quatro ou cinco anos.

Essa é a vida universitária sob a perspectiva dos alunos ingressantes e alunos concluintes, que devem realizar de tempos em tempos o ENADE, Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. O exame faz parte do Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) e possui como objetivo avaliar a qualidade dos cursos de formação superior de todo o país. 

Devido à importância dessa avaliação a diretora técnica acadêmica Angélica Parreira Lemos Ruiz decidiu promover um fórum para sanar as dúvidas sobre a avaliação.  A ideia surgiu depois de realizar um estudo sobre a qualidade dos cursos da FAAC e, buscando um diagnóstico a respeito das fraquezas dos cursos, notou que um dos problemas era o fato dos cursos de arquitetura, artes e comunicação não terem uma nota registrada no ENADE.

Para a aluna do quarto ano de Jornalismo Débora Cristina Concuruto Pavan a atitude do setor de graduação da FAAC de realizar o fórum é algo positivo. “Acho importante participar de um debate que explica para que serve a prova, o que ela mede, etc, para depois decidirmos se vamos boicotar ou não. Poucas pessoas têm conhecimento sobre a prova”, afirma.

Angélica notou que outros fatores também estavam sendo afetados pela não realização da prova. “Percebi que muitas contratações de professores não eram aceitas, e quando fui verificar descobri que isso acontecia por não termos nota no ENADE”, relatou.

Para auxiliar no debate, a organização do Fórum convidou o Professor Doutor Guaracy Tadeu Rocha.  Quando questionada sobre o  por que da escolha de Guaracy, Angélica explica: “A opção se deu pelo fato dele ser membro da Comissão para Estudo de Avaliação do Ensino Superior (Caes)  o que o torna uma pessoa que possui conhecimentos mais aprofundados sobre o ENADE, podendo trazer melhores esclarecimentos aos alunos”.

O debate acontece em dois dias, 27 e 28 de setembro, sendo no primeiro dia realizado às 19 horas e no segundo às 9 horas, no anfiteatro Guilherme Rodrigues Ferraz (Guilhermão) e é organizado pela diretoria técnica acadêmica FAAC e pela comissão permanente de ensino FAAC.
Quer se preparar para o debate?  E se posicionar a favor ou contra a realização da prova? Entre no portal http://portal.inep.gov.br/enadee leia um pouco mais.

A matéria a seguir explica um pouco mais sobre o que é e para que serve o ENADE

Deixe uma resposta