“Mãe só há uma” debate a construção da identidade na adolescência

Filme é inspirado no caso de menino sequestrado em Brasília ainda na maternidade

 

Da Redação SICOM – PET, Maiara Freitas

“Mãe só há uma” estreou dia 21 de julho nos cinemas brasileiros e trata-se do mais novo filme da diretora. O longa buscou inspiração no caso de Pedrinho, menino sequestrado em Brasília ainda na maternidade no ano de 1986 e que foi encontrado por seus pais biológicos anos depois. Porém, seu roteiro não se restringe somente ao acontecimento, Anna Muylaert o atualizou e o trouxe para a realidade dos jovens de hoje, abordando a construção da identidade na adolescência e as conturbações originadas a partir disso.

A diretora já havia abordado questões sociais em “Que horas ela volta?”, entretanto, este tratou das relações verticais (patroa e empregada) e, em “Mãe só há uma”, são debatidas as horizontais, o relacionamento entre pais e filhos.

A trama gira em torno de Pierre, um jovem que, através de um exame de DNA, tem sua vida virada de cabeça para baixo ao descobrir que a mulher que o criou, Aracy, não é sua mãe. Ela é presa e ele é entregue a sua família biológica, passando a vivenciar uma nova realidade. Esta tem mais conforto, mais dinheiro, porém, seus pais vivem em um mundo de valores tradicionais que o sufocam, já que Pierre, agora Felipe, está descobrindo sua sexualidade, gosta de meninos e meninas, não se define e nem quer se definir.

Com pouco mais de 1h20 de duração, o longa surpreende até mesmo no elenco com novatos como Naomi Nero, que interpreta Pierre, e com atores consagrados como Matheus Nachtergaele e Dani Nefussi que atuam como os pais biológicos de Renato. Dani Nefussi ainda interpreta Aracy, contribuindo para toda essa ambiguidade presente no filme.

E mais:

5 FILMES DE ALMODÓVAR QUE VOCÊ PRECISA VER

Receita de Pessoa Desconstruída

10 filmes e documentários feministas que você precisa assistir

Daniele Fernandes

Daniele curte filmes e séries cult, e quando diz cult quer dizer coreano ou comédia romântica de Hollywood. Possui profundo conhecimento em economia, sabendo administrar suas famílias no The Sims 4.

Deixe uma resposta