Natimorto através das câmeras


Da Redação SICOM PET,
por Gabriela Ferri

“As mãos tremem enquanto seguram seus respectivos cigarros. A     atmosfera é sufocante, os dias não se diferenciam das noites a não ser pelas luzes verdes e vermelhas que piscam pela janela.” Natimorto é assim, tensão, fraqueza, um ar sombrio, beleza (…), tudo isso dentro de um único livro adaptado para as telas do cinema, e que no próximo dia 24 (terça-feira) será exibido no Cine PET.


Lourenço Mutarelli é autor de HQs, peças de teatro e de diversas obras como Jesus Kid, A Arte de produzir efeitos sem causa, e o mais conhecido O Cheiro do ralo. O livro Natimorto conta a história de uma cantora lírica que viaja para São Paulo a convite de seu agente. Em 2002 a obra foi adaptada e dirigida por Paulo Machine, trazendo como personagem principal (O Agente) o próprio Lourenço. Para Mutarelli foi uma experiência diferente participar da produção como protagonista, “foi um processo muito interessante, e também difícil. Achavam que eu tinha o texto todo decorado, mas não tinha”. Ao longo do filme possível notar a simbiose entre criador e criatura, o que impressiona a todos que o assistem.


** A sessão acontece na Sala 1, do campus da Unesp de Bauru as 19hs e contará com a presença de Lourenço Mutarelli. A entrada é gratuita.



Deixe uma resposta