Padrão nipo-brasileiro de TV digital é destaque na Costa Rica e em Angola

País africano discute a possibilidade de utilizar a tecnologia nipo-brasileira, enquanto
Costa Rica realiza a primeira transmissão de sua história

Ministro Paulo Bernardo

Da Redação SICOM PET, por Kelly de Conti.

Com previsão de desabilitar o padrão analógico em 2017, a Costa Rica testou o modelo de
televisão digital pela primeira vez em sua história no último dia 19. Para isso, utilizou o ISDB-
TB, tecnologia de transmissão desenvolvida pelo Brasil em parceria com o Japão. A veiculação
coube ao Canal 13, emissora pertencente ao Estado. Enquanto isso, o governo angolano
sinalizou, na última sexta-feira, a possibilidade de também usar essa tecnologia nipo-brasileira.

Os equipamentos utilizados na Costa Rica foram doados pelo Japão e instalados no vulcão
Irazú, que fica em uma região central do país. Para a presidente costarriquenha, Laura
Chinchilla, “este é um passo histórico que nosso país está dando”. Também estava presente o
vice-ministro do Interior e Telecomunicações do Japão, Tetsuo Yamakawa.

Já no país africano, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, representou o Brasil em
reunião com o vice-ministro de Telecomunicações angolano, Aristides Safeca. Nenhuma
decisão foi tomada, mas o representante de Angola apontou, em pronunciamento oficial, a
preferência pelo modelo nipo-brasileiro.

“Fizemos um estudo dos dois sistemas [nipo-brasileiro e europeu], durante quase três anos,
que resultou na recomendação técnica para que Angola escolha o ISDB-TB. Mas a decisão
técnica depende de uma decisão política que também leva em conta orçamento, estratégia
e planos de negócios”, admitiu. Ele ainda destacou outro aspecto que deixa mais próxima a
escolha pela tecnologia brasileira. “A TV Digital requer produção audiovisual, no que Angola
tem limitações, mas que pode criar facilidades, uma vez que nossos países falam a mesma
língua”.

O vídeo da reunião com o vice-ministro de Telecomunicações angolano pode ser visto em nosso canal no YouTube e na área de vídeos de nosso blog.

Deixe uma resposta